Home  / Na Mídia   /  

Na Mídia

07 de janeiro de 2022

Coluna SESCAP-LDR na Folha de Londrina: "Contabilidade é a grande aliada das empresas para superar a crise mundial"

 O cenário econômico mundial ainda reflete a instabilidade e agravamento da crise acentuada com a pandemia do Coronavírus, iniciada em 2020 e que no momento flexibilizou algumas medidas de segurança. Contudo, ela ainda não chegou ao fim.

O último ano foi marcado pela falta de matéria-prima e de mercadorias, problemas de logística, especialmente o transporte marítimo internacional, que desencadearam o aumento da inflação, e, por conseguinte, a elevação da taxa SELIC, como instrumento de contenção da inflação.

 

Neste contexto adverso, as empresas sofreram com a falta de mercadoria, bem como com a inadimplência. Mas, se não bastasse todas as adversidades decorrentes da pandemia, a legislação ainda trouxe grandes desafios para as empresas como a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), obrigação esta que resultou numa mudança significativa nos sistemas de controles das empresas, bem como nos contratos e cadastros

“Outro desafio para as empresas paranaenses optantes pelo Simples Nacional, foi a cobrança do ICMS sobre as compras mercadorias/produtos de outros Estados de origem importada. As empresas precisaram alinhar as estratégias tributárias para tentar manter a lucratividade. Além disso, o sistema do e-Social, também está com novas exigências, como a inclusão das informações da Saúde e Segurança do Trabalho (SST). Pois, esse conjunto de informações exige atenção especial das empresas ao cumprimento e envio para o fisco”, comenta o empresário contábil e diretor do SESCAP-LDR, Marlon Marçal.

Em todas essas frentes, o SESCAP-LDR vem atuando fortemente, oferecendo cursos sobre LGPD, discutindo com o governo do Estado do Paraná ações para minimizar o impacto da cobrança de ICMS decorrente do decreto 442/2015. A entidade ainda orienta todos os associados e as empresas em geral sobre a atenção necessária para o envio das informações do SST ao e-Social.

“Para 2022, acreditamos que o principal desafio ainda será a retomada da atividade econômica. Nesse aspecto, o empresário contábil tem um papel fundamental, pois como fonte de informação primária, especialmente das pequenas e médias empresas, pode auxiliar por meio de informações econômicas financeiras relevantes e tempestivas. Além, é claro, do auxílio ao cumprimento das demandas tributárias, trabalhistas e societárias”, ressalta o presidente do SESCAP-LDR, Marcelo Odetto Esquiante.

Na lista de desafios para este ano, também está a Reforma Tributária, que movimentou os bastidores da política em 2021 com sinais de que sairia do papel, mas foi protelada mais uma vez. Situação que causa insegurança, uma vez que traz pontos que podem aumentar a burocracia e inviabilizar inúmeros negócios.

Frente aos fatos, o SESCAP-LDR destaca a importância do empresário contábil no auxílio às empresas de forma efetiva e consistente, contribuindo para uma gestão eficiente. E assim, possibilitar que as empresas aproveitem as oportunidades e minimizem custos, maximizam resultados, contribuindo para a economia e para a sociedade.

 

Fonte: Jornal Folha de Londrina/ Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e de Serviços Contábeis de Londrina e Região (SESCAP-LDR)