Notícias

Projeto visa transformar Norte Pioneiro em polo de tecnologia
09 de novembro de 2016 Rubia Pimenta
Projeto visa transformar Norte Pioneiro em polo de tecnologia
Iniciativa do Sebrae propõe integração das universidades, entidades e empresas da região; foco inicial é o setor alimentício

Jacarezinho – O Sebrae de Jacarezinho apresentará, nesta sexta-feira (11), o projeto Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro (SRI), que tem como objetivo o desenvolvimento de tecnologia na região. Com mais de 400 empresas (em sua maioria micros e pequenas) atuando no setor alimentício, a entidade acredita que o Norte Pioneiro tem forte vocação para esta área, que será o foco inicial de atuação do sistema. 
"Temos universidades com grande capacidade para desenvolver conhecimento, um parque tecnológico com uma incubadora, uma região voltada para o agronegócio e a proximidade com São Paulo, que é um dos maiores centros consumidores de alimentos do mundo. Nos falta apenas trabalhar em conjunto, olhando para a mesma meta, e impulsionar empresas que tragam desenvolvimento econômico para a região", explica o consultor do Sebrae de Jacarezinho, Odemir Capello. 
O projeto abrange municípios das regiões de Andirá, Bandeirantes, Cambará, Jacarezinho e Santo Antônio da Platina. "Aqui temos mais de 60 laboratórios da área de engenharia, cursos universitários que podem criar tecnologia neste setor, como Informática, Agronomia e Veterinária em Bandeirantes, o Técnico em Alimentos e Eletromecânica em Jacarezinho, a incubadora tecnológica da Tecpar, e entidades parceiras. Atualmente, todos trabalham de forma separada. O que precisamos é unir esforços, planejamentos e orçamentos para olharmos para o mesmo norte", ressalta Capello. 
 
"Nos falta apenas trabalhar em conjunto, olhando para a mesma meta, e impulsionar empresas que tragam desenvolvimento econômico para a região", explica Odemir Capello

A intenção é implantar na região um projeto parecido com o que existe em Pato Branco (Sudoeste). "O Sistema Regional de Inovação foi implantado lá há uma década, com foco em tecnologia da informação. Hoje, a cidade é um grande polo de programação, com diversas empresas na área, que pagam bons salários, o que desenvolve a região. É de lá que saem os softwares das urnas eletrônicas de todo o País, por exemplo", ressalta Capello.    
O projeto também pretende atuar na promoção de políticas públicas, incentivando a criação de leis que beneficiem empresas na área de tecnologia. "Ajuda a atrair investimentos. É um modelo que deu certo em Pato Branco e outras cidades", reforça o consultor. 
Durante o lançamento, será definido o marco zero da integração do SRI nas cinco cidades integrantes do sistema. Esta definição constitui o início da fase de estruturação do ambiente legal, de implantação dos mecanismos de incentivo à inovação, promoção dos ativos tecnológicos, disseminação da cultura empreendedora nas IES (Instituições de Ensino Superior), aprimoramento à gestão e consolidação do habitat de inovação, bem como realização de parcerias e convênios entre os setores envolvidos na busca do desenvolvimento regional e fortalecimento de sua cooperação. 
O projeto, que está em desenvolvimento desde janeiro, será apresentado aos prefeitos eleitos e deputados da região, representantes das universidades, empresários e outras lideranças de toda a região. O SRI conta com o apoio dos centros de desenvolvimento de tecnologia dos campi da Universidade Estadual Norte do Paraná (Uenp) de Jacarezinho e Bandeirantes, Instituto Federal do Paraná em Jacarezinho (IFPR), Faculdade do Norte Pioneiro em Santo Antônio da Platina (Fanorpi), Unopar de Bandeirantes, Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), e entidades como associações comerciais da região, Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Senac, entre outras. 

SERVIÇO 
Lançamento do SRI Norte Pioneiro
Quando - Sexta-feira 
(11), às 9 horas
Onde - Sebrae – escritório Jacarezinho 
(R. Cel. Figueiredo, 749)
 

Fonte: Folha de Londrina