Notícias

Coluna Sescap-Ldr na Folha de Londrina
04 de abril de 2016 Sescap-Ldr
Coluna Sescap-Ldr na Folha de Londrina
Confira a matéria publicada no sábado (02/04/2016)

02/04/2016

Mercado de trabalho exige qualificação

Em meio ao desemprego que assombra o País, sobram vagas em alguns setores e faltam profissionais qualificados


O cenário econômico e político do Brasil não é dos melhores. Diversas empresas fecharam as portas e o número de pessoas desempregadas aumentou. De acordo com dados publicados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no cadastro geral de empregados e desempregados (Lei 4.923/65), em Londrina foram admitidas 87.493 e desligadas 90.348 pessoas no período de dezembro de 2014 a dezembro de 2015, nos diversos setores da economia. 
Em meio a esses dados, uma situação chama a atenção do Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e de Serviços Contábeis de Londrina e Região (Sescap-Ldr). "O desemprego existe, mas também há setores que oferecem vagas, mas não encontram profissionais para preenchê-las, como é o caso das empresas contábeis", comenta o presidente do Sescap-Ldr, Jaime Cardozo. 
Existe uma discrepância entre candidatos disponíveis e qualificados para o preenchimento dessas oportunidades. Um reflexo da falta de mão de obra especializada. Observa-se que as pessoas se dedicam à formação acadêmica, fazem diversas graduações, especializações, mas se esquecem de se desenvolver em outros pontos, como em cursos complementares que as aproximam da prática, em experiências relevantes ou ainda em desenvolver autoconhecimento que as levaria à excelência comportamental necessária para um bom desenvolvimento no cargo ao qual almejam. 
"Nos últimos anos, as instituições de ensino se aproximaram da realidade, mas ainda existe uma lacuna entre o que se ensina nos cursos e o que se exige na prática. Falta uma interação entre instituição de ensino e empresas para que, juntas, consigam trabalhar a necessidade de formação dos profissionais, idealizando a criação de laboratórios onde os alunos possam ver, na prática, aquilo que eles vão se deparar quando ingressarem no mercado de trabalho. A exemplo disto, na área contábil, temos as novas exigências, como o Sistema Público de Escrituração Digital, incluindo o e- social, entre outras", explica o empresário do setor de recursos humanos e diretor do Sescap-Ldr, Nelson Barizon. 
Sem dúvida, as empresas contábeis começaram a sentir o impacto provocado pelas inúmeras mudanças no setor. Novas legislações, aumento do volume de informações e também das responsabilidades profissionais, onde há espaço para os que estão realmente preparados. 
Para o consultor e coach Taylan Alves, o momento é de dificuldades, mas também de oportunidades, tempo propício para que uma leve à outra. "De um lado, há algumas pessoas que veem dificuldades em adquirir conhecimento, desenvolvimento e profissionalização, e de outro lado, há empresas precisando de pessoas capacitadas, competentes e comprometidas, e devido à escassez, o poder de negociação das condições deixam de ser apenas da empresa e passam também para as mãos dos candidatos prontos, que podem escolher onde e com o que vão trabalhar. Ao mesmo tempo, empresas melhoram significativamente as condições propostas ao profissionais geradores de valor", explica Alves. 
O problema não está apenas em contratar mão de obra qualificada, mas em reter o profissional na empresa. Segundo o Sescap-Ldr, é necessário oferecer oportunidades. "Os empresários, bem como seus colaboradores, necessitam de capacitação e aprimoramento constante, uma vez que sempre há mudanças na legislação contábil/tributária. Frente às exigências, é importante oferecer a oportunidade do contratado de se reciclar e participar de cursos, palestras, workshops, entre outros eventos promovidos por entidades do setor, como os sindicatos, federações, conselhos e universidades", ressalta Cardozo. 
"Carreira de sucesso não é algo que se constrói da noite para o dia, não há atalhos milagrosos, o trabalho é árduo e leva tempo e muito esforço, isso deve estar claro na cabeça de qualquer pessoa que pretende se destacar na profissão", lembra Alves. 

Fonte: Folha de Londrina / Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e de Serviços Contábeis de Londrina e Região (Sescap-Ldr).