Cursos

 Cruzamento de Dados e Informações Tributárias - Obrigações Acessórias Federais
Informações

Data: 16/11/2016

Carga Horária: 8h

Horário: Das 08h30min as 17h30min

Local: Auditório do SESCAP-LDR, Rua Piauí, 72 - 2º Andar

Cruzamento de Dados e Informações Tributárias - Obrigações Acessórias Federais
Público Alvo: Contadores, Gestores tributários, fiscais, contábeis, profissionais da área de tecnologia e demais profissionais envolvidos com o assunto.
Objetivo: Apresentar as correlações das principais informações relativas a débitos declarados e/ou saldos credores ou negativos entre as diferentes obrigações acessórias exigidas pela RFB para as pessoas jurídicas de direito privado com fins lucrativos, incluindo-se os projetos SPED EFD ICMS/IPI (Blocos H e K), EFD Contribuições e ECF; verificação da obrigatoriedade de entrega da ECD pelas PJ de lucro presumido; confronto das informações declaradas.

Curso Finalizado
COMPARTILHE

Instrutor
ÉDISON REMI PINZON - Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), MBA em Gestão Tributária pelo INPG, atuou por mais de 20 anos nas áreas contábil, tributária e de controladoria de empresas industriais e de serviços e por 4 anos como analista de negócio (ERP), especialista em soluções na área de planejamento fiscal empresarial, consultor certificado do programa FORCEC, responsável pela  Atuábil Consultoria e Cursos, instrutor de cursos na Consult, SESCAP/PR, SESCON/SC, SESCON Grande Florianópolis (GF), SESCAP Londrina (LDR), CRC/PR, CRC/RS, Karlinski Treinamentos Empresariais (RS), Doria Cursos, Prado Treinamentos e Veritae Orientador Profissional (RJ). Palestrante do curso “SPE-Simples – Aspectos Tributários” no SEBRAE/PR em 2009 e autor de artigos tributários nas publicações do SESCAP/PR e SESCON/GF.

Ementa do Curso
•    - O que é declarado – tributo próprio e de terceiros - em cada uma das obrigações acessórias envolvidas: DCTF, PER/DCOMP, DIRF, DMED, DIMOB, DECRED, DOI, EFD ICMS/IPI e Contribuições, ECF e e-Financeira (substituta da DIMOF);
•    - Confronto com as guias de recolhimento: DARF e GPS;
•    - Detalhes a serem observados no preenchimento de dados cadastrais ou campos relevantes das obrigações acessórias; situações em que o código ou opção utilizado são irretificáveis e/ou irretratáveis para o ano-calendário;
•    - Verificação da obrigatoriedade de entrega da ECD pelas PJ de lucro presumido;
•    - Principais cruzamentos analisados:
•    DCTF - débitos informados x ECF – valores apurados nos registros P300 e P500 (lucro presumido) e N620, N630, N660 e N670 (lucro real);
•    DCTF – débitos informados x EFD-Contribuições – informações de valores apurados de PIS, COFINS e CPRB a recolher;
•    DCTF – débitos informados (retido de terceiros) x DIRF – individualização por período e por CPF/CNPJ x DARF;
•    DCTF – créditos vinculados em compensação como forma de pagamento x DCOMP – identificação dos débitos objeto de compensação;
•    DCOMP – crédito oriundo de saldos negativos de IRPJ e/ou CSLL x ECF – saldo negativo constatado nos registros N630 e N670;
•    DCTF – débitos de IRPJ e CSLL informados x ECF – saldo a pagar conforme registros N630 e N670;
•    Fontes pagadoras (e-Cac) x ECF – Registro Y570 – Retenções na fonte de IR e CSLL 
•    DCTF – saldo de débitos após as compensações x DARF – verificação dos campos data de apuração, vencimento, código de arrecadação e valores; opção de REDARF;
•    Conciliação de movimentos e saldos contábeis de tributos a recolher com as respectivas obrigações acessórias;
•    Saldos de inventário – Bloco H da EFD ICMS/IPI x saldos contábeis de estoques – registro P100 (lucro presumido) ou L100 (lucro real) da ECF
•    Possíveis contingências identificadas por meio da ECD, tais como IOF sobre mútuos;
•    Simples Nacional: cessão de mão de obra – vedação de opção; desenquadramento retroativo – identificação por meio de auditoria no tomador; DECRED x receita bruta declarada no PGDAS-D; 
•    Cruzamentos com a pessoa física: rendimentos decorrentes de aluguel ou de compra e venda de imóveis – DOI e DIMOB; despesas médicas – DMED; direitos e dívidas declaradas em contrapartida a informações prestadas pelas pessoas jurídicas.

Investimento
(Agora você conta com duas opções de pagamento: boleto e/ou cartão de crédito)
ASSOCIADO          R$ 100,00
ESTUDANTE          R$ 120,00
REPRESENTADO   R$ 150,00
OUTROS                R$ 200,00

* O material didático, será disponibilizado eletronicamente, com 24h de antecedência para matrículas devidamente efetivadas e quitadas.
 ** O SESCAP LDR,  se reserva no direito de transferir ou cancelar o curso, caso não atinja o número mínimo de participantes, com aviso prévio aos inscritos.

Registro Descrição Abrangência Pontuação Carga horária Validade até
PR-01049 Cruzamento de Dados e Informações Tributárias - Obrigações Acessórias Federais. Externo PONTOS = QTG= 08 - BCB H= 08 - SUSEP= 08 - RESPONSÁVEIS TÉCNICOS = 08 8,00 2016

Outros Cursos